• Início
  • Blog
  • Recuperação do eixo hormonal e fértil após o abuso de anabólicos

Recuperação do eixo hormonal e fértil após o abuso de anabólicos

O mecanismo de lesão testicular é simples: o uso exógeno suprime a produção natural de LH e FSH, hormônios fundamentais para o funcionamento adequado das células de Leydig e Sertoli. Com isso, há queda na testosterona intratesticular e na produção de espermatozoides.

Como recuperar o eixo?

O foco da recuperação de eixo sempre é restaurar a produção endógena de testosterona, tratar os efeitos colaterais dos ciclos anabólicos, manter a produção endógena após o término da intervenção e restaurar ou recuperar parcialmente a produção de espermatozoides.

Para isso, cada paciente demandará um esquema de doses, desde medicações mais simples até as recombinantes para os casos mais graves ou nos casos em que buscamos recuperação da espermatogênese.

Os medicamentos mais conhecidos para a recuperação do eixo são os da classe do clomifeno. Mas os recombinantes e mais modernos são da classe de gonadotrofinas, como o ovidrel e gonal. Todos são off label.

Lembre-se, o uso de androgênios exógenos em homens jovens é extremamente deletério para a saúde masculina, mesmo com acompanhamento médico e com a falsa ideia da possibilidade de reversão com Terapia Pós-Ciclo (a famosa TPC).


Artigos mais lidos

Locais de atuação

Dr. Conrado Alvarenga


Membro da Divisão de Urologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP

Localização


Rua Oscar Freire, 2250
Unidades T8/T9/T10
Oscar Freire Office São Paulo

Fale conosco


(+55 11) 3081-6851
conradoalvarenga@alumni.usp.br