Exercícios Físicos na Saúde Reprodutiva

O estudo liderado pela Justus-Liebig-University, de Giessen, Alemanha, comparou os efeitos de 3 esquemas diferentes de exercícios físicos na saúde reprodutiva de 280 homens saudáveis. Os participantes foram divididos em 4 grupos: treinamento contínuo de intensidade moderada (MICT), treinamento contínuo de alta intensidade (HICT), treinamento intervalado de alta intensidade (HIIT) e não praticar exercícios.

Os resultados mostraram que todas as modalidades trouxeram melhoras nos marcadores da função reprodutiva masculina, mas em diferentes níveis. O estudo sugere que o treinamento contínuo de intensidade moderada é ligeiramente superior em comparação com o HICT e o HIIT.

O que isso significa? Que a intensidade, a duração e o tipo de treinamento físico realizados pelo homem devem ser levados em consideração se você está tentando engravidar ou, simplesmente, melhorar seus exames. Mais uma prova de que não existe fórmula única para o tratamento da saúde reprodutiva e cada caso precisa ser analisado individualmente.

Vale dizer aqui que a prática de exercícios físicos, por si só, independentemente da modalidade, traz outros benefícios que impactam na melhora do espermograma, como, por exemplo, diminuição da gordura corporal.

Para os colegas médicos e estudantes de medicina que quiserem o artigo, é só clicar aqui.


Artigos mais lidos

Locais de atuação

Dr. Conrado Alvarenga


Membro da Divisão de Urologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP

Localização


Rua Oscar Freire, 2250
Unidades T8/T9/T10
Oscar Freire Office São Paulo

Fale conosco


(+55 11) 3081-6851
conradoalvarenga@alumni.usp.br