• Dr. ConradoAlvarenga

    Dr. Conrado
    Alvarenga

  • Experiênciacom resultados

    Experiência
    com resultados

  • Fertilidade e InfertilidadeMasculina

    Fertilidade e Infertilidade
    Masculina

  • ClínicaOscar Freire

    Clínica
    Oscar Freire

  • Nossa equipe

    Nossa equipe

  • Dr. Conrado Alvarenga


    Membro da Divisão de Urologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP

    Saiba mais

  • A Clínica


    Conheça a Clínica Dr. Conrado Alvarenga em São Paulo, localizado nos Jardins.

    Saiba mais

  • Localização


    Rua Oscar Freire, 2250 - Unidades T8/T9/T10 - Oscar Freire Office, São Paulo.

    Saiba mais

Locais de atuação

Livro fertilidade

Em 2016, o Dr. Conrado lança o livro “Fertilidade e infertilidade para casais e não especialistas”.

O livro está disponível na

amazon

Dr. Conrado apresenta em Genebra, no ESHRE 2017, os resultados de 201 exames de IFDNA espermático realizados no LAB Medicina Masculina em 2016, revelando possível correlação entre índices de fragmentação de DNA espermático com maior tempo de abstinência para o exame, aumento da faixa etária e com a piora nos parâmetros seminais

suica
Pdf


Em conjunto com a departamento de moléstias infecciosas da FMUSP e com a London School of Hygiene and Tropical Medicine, Dr Conrado e o LAB Medicina Masculina participam do projeto do potencial efeito da infecção pelo zyka vírus sobre a fertilidade masculina, apresentado no MEDTROP 2017.



Clique nas imagens ao lado para baixar o arquivo em PDF.

pdf

Dr. Conrado ministra a aula “Indice de fragmentação de DNA espermático e seu impacto na reprodução assistida”, no XI Congresso Paulista de Medicina Reprodutiva.

aula conrado

Micro-Cirurgias Urológicas

video home dr conrado alvarenga

O site possibilita melhor entendimento das principais micro-cirurgias relacionadas a fertilidade masculina, desde reversão de vasectomia até captações mais complexas de espermatozóides.

Desejamos boa sorte em sua jornada.

Últimas Postagens

A cirurgia para correção de varicocele pode permitir uso de técnicas de reprodução assistidas menos invasivas

A cirurgia para correção de varicocele pode permitir uso de técnicas de reprodução assistidas menos invasivas

Samplaski MK, Lo KC, Grober, ED, Zini A, Jarvi KA. Fertility and Sterility, v. 108, n. 04, outubro 2017

A varicocele é uma dilatação anormal das veias dos testículos (plexo pampiniforme), formando "varizes" e mantendo o sangue ao redor do testículo, o que provoca um aumento da temperatura testicular. O testículos, por serem a fonte da produção de espermatozoides, localizam-se fora da cavidade abdominal, onde a temperatura é até 2°C abaixo da temperatura corporal. Na presença de varicocele, o aumento de temperatura pode diminuir a produção e altera a função dos espermatozoides. Assim, a varicocele é um fator comum, porém absolutamente tratável, de infertilidade masculina.

Continue lendo

Variações nos parâmetros seminais e a influência no resultado do espermograma

Variações nos parâmetros seminais e a influência no resultado do espermograma

                   O potencial de fertilidade masculino é inicialmente avaliado pelo exame de espermograma, quando a amostra de sêmen é geralmente obtida por masturbação. No ano de 2010, a Organização Mundial da Saúde (OMS) publicou um novo manual laboratorial com os parâmetros a serem analisados no espermograma, o que permite avaliar a qualidade seminal. Alguns fatores influenciam diretamente o resultado da qualidade seminal no espermograma, entre eles: a coleta da amostra completa; os produtos das glândulas acessórias; o número de dias de abstinência sexual e o tamanho do testículo influenciam a concentração de espermatozoides por ejaculado. Cerca de 85% dos espermatozoides encontra-se no primeiro jato de ejaculado.  Assim, é muito importante que este primeiro jato seja coletado para a análise seminal. As glândulas acessórias são as vesículas seminais, a próstata e as glândulas bulbouretrais, responsáveis pela formação do plasma seminal

Continue lendo

Preparo do sêmen para seleção de espermatozoides: entenda algumas dicas

Preparo do sêmen para seleção de espermatozoides: entenda algumas dicas

               Depois da coleta do sêmen, o esperma deve ser separado do plasma seminal em até uma hora após a ejaculação. O processamento seminal é um conjunto de técnicas laboratoriais cujo objetivo é aumentar a concentração de espermatozóides de alta qualidade, selecionando os melhores gametas e removendo as toxinas e contaminantes do plasma seminal, além de espermatozoides imóveis e células imaturas. Quando o preparo seminal é realizado durante a fase de investigação clínica do casal, é denominado processamento diagnóstico.   

               Quando o preparo seminal é realizado para fins de uso em procedimentos de reprodução assistida, denominamos processamento terapêutico. Existem alguns métodos de processamento seminal, e a escolha do método dependerá da qualidade do esperma pré-processamento, que determinará, por sua vez, qual procedimento reprodutivo será realizado, se inseminação intra-uterina ou fertilização in vitro. As principais técnicas utilizadas na rotina laboratorial são a migração ascendente (swim up), e o gradiente descontínuo de densidade.

Continue lendo

Métodos avançados para a seleção de espermatozoides de boa qualidade

Métodos avançados para a seleção de espermatozoides de boa qualidade

              Além dos métodos básicos de preparo seminal via processamento seminal, outras metodologias são utilizadas na seleção de espermatozoides de alta qualidade. No início dos anos 90, a técnica de Injeção Intracitoplasmática de Espermatozoides (ICSI) aumentou as taxas de fertilização, mas não aumentou significativamente a taxa de nascidos vivos, principalmente devido à alta incidência de alterações cromossômicas.

             Esta é uma consequência direta da incapacidade da ICSI para detectar especificamente espermatozóides de boa qualidade. Em 2001 foi descrita uma nova metodologia de avaliação morfológica dos espermatozoides em tempo real (MSOME), o que permite a observação da ultramorfologia do esperma em uma ampliação de 1.500 a até 6 mil vezes. Com esta técnica, é possível avaliar estruturas dos espermatozoides que não são visíveis em microscópios convencionais. A injeção de espermatozoides morfologicamente selecionados pelo MSOME é chamada de IMSI. As comparações dos resultados clínicos após ICSI comparados a IMSI revelaram que, enquanto que as taxas de fertilização não são significativamente diferentes, o IMSI resulta em taxa menor de aborto e maiores taxas de implantação.

Continue lendo

Efeitos da suplementacao com anti oxidantes nos parâmetros seminais de pacientes com oligo-asteno-teratozoospermia, com e sem varicocele- estudo duplo cego controlado da italia – Universidade de Roma 2017

Efeitos da suplementacao com anti oxidantes nos parâmetros seminais de pacientes com oligo-asteno-teratozoospermia, com e sem varicocele- estudo duplo cego controlado da italia – Universidade de Roma 2017

Baixar Estudo em PDF - Conrado Alvarenga

Muitos fatores alteram a qualidade seminal através do mecanismo de aumento do estresse oxidativo, com maior liberação de radicais livres de oxigênio no sêmen. Os ROS, como sao conhecidos os radicais livres de oxigênio, causam comprometimento da motilidade, da reação acrossomica, morfologia e nos índices de fragmentação de DNA. Alem disso aumentam as taxas de morte celular programada.

Para avaliar os efeitos da suplementação com L-carnitina, frutose, selênio, vitamina C e B12, zinco e vitamina E nos parâmetros de qualidade seminal, este grupo italiano estudou 104 homens com recrutados ao longo de 6 meses, 52 para uso de anti-oxidantes e 52 para uso de placebo.  Os resultados foram supreendentes: mesmos os pacientes com varicocele que receberam suplementação a contagem espermática foi superior ao grupo com varicocele que recebeu apenas placebo, após 6 meses de uso.

Baixar Estudo (idioma: Inglês) - PDF

Continue lendo

Prevalência de baixa testosterona em homens com diabetes mellitus tipo 2.

Prevalência de baixa testosterona em homens com diabetes mellitus tipo 2.

O objetivo desse trabalho foi avaliar a prevalência de hipogonadismo em conjunto com a deficiência de andrógeno em 900 homens com diabetes mellitus tipo 2 na Índia. A prevalência de hipogonadismo foi de 20,7%, sendo maior que na população geral. O hipogonadismo foi de origem testicular (primária) em 25,8% pacientes, de origem pituitária ou hipotalâmica (secundária) em 7,53% e o restante (66,67%) apresentou baixos niveis de testosterona, com alteração do nível de LH e FSH. Cerca de 50% do total de pacientes avaliados no estudo eram sintomáticos, mas apresentaram níveis normais de testosterona. Aproximadamente 30% dos pacientes eram assintomáticos, dos quais a minoria (cerca de 6%) tinham baixos níveis de testosterona enquanto os demais apresentaram níveis normais.

A implementação de programas de rastreio em diabéticos é necessária para detecção precoce de homens com alterações na testosterona. Indian journal of endocrinology and metabolism. 0000 Jan [Epub] Pankaj Kumar Agarwal, Parminder Singh, Subhankar Chowdhury, S K Sharma, Anirban Majumdar, Parag Shah, Rakesh Sahay, S Vageesh Ayyar, Hemant Phatale, Chandar M Batra, Raeesuddin Syed, Pradeep Shetty

Continue lendo

Conheça a clinica

Conheça nossa clínica


A clínica Dr. Conrado Alvarenga localiza-se na rua Oscar Freire em São Paulo

Localização:
Rua Oscar Freire, 2250 – Unidades T8, T9 e T10 – térreo
Oscar Freire Office
São Paulo - SP

Telefone: (11) 3081-6851

Whatsapp: (11) 9 9939-8847

Contamos com serviço de manobrista e segurança 24h.

Contamos com acessibilidade para portadores de deficiência física.

Dr. Conrado Alvarenga


Membro da Divisão de Urologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP

Localização


Rua Oscar Freire, 2250
Unidades T8/T9/T10
Oscar Freire Office São Paulo

Fale conosco


(+55 11) 3081-6851
conrado@conradoalvarenga.com.br