Biópsia Testicular

img dr conrado alvarenga biopsia testicular

A biópsia testicular tem papel muito importante em alguns casos de azoospermia. Principalmente quando nos deparamos com pacientes portadores de exames hormonais completamente normais e exame físico sem nenhuma alteração que nos chame a atenção. Nestes casos o principal resultado de uma biópsia será diferenciar objetivamente azoospermias obstrutivas de não obstrutivas, visto que no mesmo procedimento pode-se avaliar a presença de espermatozóides no tecido testicular, mesmo que imaturos, além de podermos já congelá-los.

A biópsia testicular muitas vezes é confundida com a micro-tese – Na biópsia não necessitamos do microscópio acima, ele é utilizado apenas nos casos de MESA ou MICRO-TESE

captacao azoospermia

Desta maneira, o resultado do tecido extraído na biopsia tem papel de nos auxiliar a traçar o prognóstico da azoospermia. Isto porque existem praticamente 3 padrões de resultados de biópsias: Parada de Maturação, Síndrome de Sertoli Cell e Hipo-espermatogênese (ou hipoplasia).

Estes 3 padrões refletem chances diferentes de encontrarmos espermatozóides na biópsia ou em um futuro tratamento de reprodução assistida. As melhores chances são quando nos deparamos com um caso de Hipoplasia, no qual as chances de encontrarmos gametas chegam a 70%. No caso de parada de maturação esta chance é menor e quando o resultado é síndrome de sertoli cells as chances são inferiores a 30%. Portanto, a comunidade urológica que lida com infertilidade masculina e reprodução assistida pode lançar mão deste recurso no auxilio de um possível plano de captação de espermatozóides, como diagnóstico e prognóstico na obtenção de gametas masculinos, foco principal do acompanhamento de um paciente com azoospermia. Veja abaixo os 3 perfis:

  • A – Biópsia com padrão normal – Otimo prognóstico
  • B – Biópsia com hipoespermatogênese – Otimo prognóstico
  • C – Biópsia com Parada de maturação
  • D -Sertoli Cell Only Syndrome – Prognóstico ruim

Na Clinica Dr. Conrado Alvarenga temos critérios de indicação muito precisos de biópsia testicular, de maneira a oferecer sempre a maior gama de métodos propedêuticos ao paciente azoospérmico.

Dr. Conrado Alvarenga
Urologista
HC FMUSP

Locais de atuação

Dr. Conrado Alvarenga


Membro da Divisão de Urologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP

Localização


Rua Oscar Freire, 2250
Unidades T8/T9/T10
Oscar Freire Office São Paulo

Fale conosco


(+55 11) 3081-6851
conrado@conradoalvarenga.com.br