• Início
  • Blog
  • Deficiência androgênica relacionada à idade e hiperplasia prostática benigna: como melhorar a reabilitação dos pacientes após cirurgia transuretral?

Deficiência androgênica relacionada à idade e hiperplasia prostática benigna: como melhorar a reabilitação dos pacientes após cirurgia transuretral?

A incidência de complicações hemorrágicas foi significativamente inferior no grupo de pacientes que realizou a reposição de testosterona em relação ao grupo controle (3% x 10%), assim como a incidência de prostatite pós-operatória (6% x 13%). Não houve diferenças no volume da próstata e na taxa de fluxo urinário. Os outros fatores avaliados não foram estatisticamente diferentes entre os grupos, indicando que não foram observados efeitos adversos associados ao uso do gel de testosterona. A correção da deficiência androgênica associada a idade e à hiperplasia benigna da próstata resulta em maior eficácia e segurança da cirurgia e leva a um quadro pós-operatório mais favorável, com reabilitação sexual e social dos pacientes.

Urologia (Moscow, Russia : 1999). 2016 Dec [Epub]

Locais de atuação

Dr. Conrado Alvarenga


Membro da Divisão de Urologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP

Localização


Rua Oscar Freire, 2250
Unidades T8/T9/T10
Oscar Freire Office São Paulo

Fale conosco


(+55 11) 3081-6851
conrado@conradoalvarenga.com.br