Morfologia de Kruger

Nós falamos sempre sobre a importância da morfologia do espermatozoide na avaliação do espermograma e na investigação da infertilidade masculina, mas, afinal, o que ela significa?

Níveis hormonais ideais

Se você já fez algum exame para verificar seus níveis hormonais com certeza já se perguntou se a sua testosterona é suficientemente alta ou talvez já tenha culpado o hormônio pela sua baixa libido.

Anormalidades Cromossômicas

Você sabia que as anormalidades cromossômicas acometem 5% dos homens inférteis e esta prevalência pode chegar a 15% nos casos de azoospermia?

Exercícios Físicos na Saúde Reprodutiva

Mais um estudo sobre o efeito da prática de exercícios físicos nos marcadores de reprodução masculina. E esse é muito interessante!

Estudo da Cleveland Clinic

Estudo conduzido na Cleveland Clinic, um centro médico acadêmico americano sem fins lucrativos com sede em Cleveland, Ohio, EUA, mostrou o quanto homens diagnosticados com hipogonadismos estão propensos a abandonar ou seguir com a terapia de reposição de testosterona com base na percepção dos resultados.

Testosterona e Alzheimer

Alguns estudos realizados nos últimos anos por pesquisadores da Inglaterra relacionaram os níveis baixos de testosterona livre com maiores chances de desenvolvimento de demência e Doença de Alzheimer em homens.

A febre dos cigarros eletrônicos

Por muito tempo (eu diria que ainda hoje) os cigarros eletrônicos foram vistos como seguros ou como formas de tabagismo menos prejudiciais. Engana-se quem acredita.

Além de não reduzirem o tabagismo, já há estudos que associam o uso destes dispositivos ao câncer de pulmão e problemas do coração, semelhantes ao cigarro tradicional.

Mas e a fertilidade?

Erros que prejudicam o seu treino

Confira 5 erros muito comuns que podem prejudicar a sua performance física e o resultado dos seus treinos.

Modulação hormonal

Recebo diariamente pedidos de atendimento para modulação hormonal e insisto: a reposição de qualquer hormônio só deve ser indicada por motivos de deficiência do mesmo, com acompanhamento médico especializado e observando-se todos os riscos e benefícios envolvidos no seu uso.

Recuperação do eixo hormonal e fértil após o abuso de anabólicos

A popularização do uso de esteroides anabolizantes para fins estéticos trouxe consigo o crescimento dos casos de hipogonadismo, infertilidade e depressão após o abuso de esteroide.

Efeitos colaterais menores, como acne, por exemplo, são facilmente tratáveis. Mas há efeitos maiores e mais graves, como a infertilidade, que não só não são fáceis de tratar, como há o risco de serem irreversíveis.

Disfunção sexual: pressão para engravidar

Cerca de 31% dos homens relatam ter algum tipo de disfunção sexual e as causas são diversas. A disfunção mais comum entre os homens é a disfunção erétil, quando o pênis não fica duro ou firme. Mas disfunção sexual também pode se manifestar com a diminuição da libido ou dificuldade para ejacular.

Check up do homem

É muito importante realizar o seu check up regularmente. Para meus pacientes, sempre recomendo que o acompanhamento mais de perto seja feito a partir dos 45 anos, com visitas anuais ao urologista. Essa recomendação muda para aqueles com histórico familiar (pai, avô ou irmão) de problemas na próstata, que devem ser acompanhados pelo urologista, obrigatoriamente, a partir dos 40 anos de idade.

Disfunção erétil: estresse e ansiedade

Disfunção erétil é o problema sexual mais comum em homens e dizemos que ocorre quando o pênis não fica duro ou não se mantém firme.

Parte hormonal em pacientes azoospérmicos

Tanto em pacientes com azoospermia transitória, que é o caso de pós-anabólicos, quanto naqueles com azoospermia não transitória, que normalmente são aquelas não obstrutivas, a parte hormonal é extremamente importante.

É possível reverter a vasectomia?

A vasectomia é a escolha de cerca de 30 milhões de casais em todo o mundo, o que representa aproximadamente 8% dos métodos contraceptivos.

TRT e infertilidade masculina

A testosterona é um hormônio produzido pelos testículos importante para o desenvolvimento muscular e ósseo, crescimento de cabelo e o desenvolvimento de órgãos sexuais como o pênis e a próstata. Ou seja, é um hormônio importante para a saúde geral dos homens e para a sua função sexual, além de atuar na produção do esperma.

Reposição hormonal para homens jovens que querem ter filhos

Nós falamos poucos sobre reposição hormonal em homens jovens que querem ter filhos. Normalmente a discussão do tema é dedicada à recuperação do eixo pós uso de anabólicos ou à queda da testosterona trazida pela idade.

Como é feita a micro TESE

Quando a varicocele é a causa da azoospermia obstrutiva sempre optamos pela cirurgia, afinal são cerca de 30% de chance de voltarmos a ter espermatozoides móveis no ejaculado. Mas quando isso não acontece, vamos para a micro TESE. Saiba mais sobre este procedimento aqui.

O que são os inibidores de aromatase?

Se você faz terapia de reposição de testosterona ou uso de esteroides anabolizantes certamente já ouviu falar dos inibidores da aromatase. Mas você sabe qual é a função deste tipo de medicação?

SARMs: qual o motivo da Resolução 791/2021 da ANVISA

A ANVISA proibiu a comercialização, a distribuição, a fabricação, a importação, a manipulação, a propaganda e o uso dde SARMS, além de determinar sua apreensão e inutilização.

7 efeitos da testosterona no seu corpo

A testosterona é o mais importante hormônio masculino. Este único hormônio comanda quase tudo nos homens, desde o sistema reprodutivo e a sexualidade até a massa muscular e densidade óssea, além de desempenhar um papel importante na saúde mental.

Mas alguns dos efeitos da testosterona no corpo do homem são poucos conhecidos. Leia mais aqui.

Exercício aumenta a contagem de espermatozoides

Um estudo publicado na revista Reproduction com 261 homens mostrou que o treinamento físico parece aumentar a quantidade e a qualidade do esperma. O ideal, de acordo com os grupos do estudo, é 30 minutos de exercício moderado 3 vezes por semana.

Importância da vitamina E para a eficácia dos espermatozoides

A fertilidade masculina é complexa, envolve diversos fatores fisiológicos e emocionais do homem.

E é por isso que, quando o homem apresenta infertilidade ou dificuldade para engravidar, o seu diagnóstico e tratamento deve ser realizado a partir de uma abordagem global da sua saúde e hábitos de vida.

Oxandrolona: conheça os riscos com a superdosagem

Pressão estética. Busca do corpo perfeito.

Mas a qual custo?

Alimentos que melhoram a qualidade seminal

Muitas vezes a causa da infertilidade ou das alterações no espermograma exigem uma profunda investigação e, eventualmente, um tratamento de longo prazo. O que muita gente não sabe é que com a adoção de alguns hábitos simples, como uma dieta rica em vitaminas A, C e E e outros nutrientes, podemos obter melhora na qualidade do esperma e, consequentemente, da fertilidade.

Pellets de testosterona: o que você precisa saber.

Além de cada vez mais conhecidos, os pellets não são uma nova opção de reposição hormonal no mercado mundial. Quando bem indicados, possuem boa biodisponibilidade absortiva, pois não fazem picos e vales de testosterona sérica.

Azoospermia tem cura?

Toda semana recebo esta mesma pergunta no Instagram: azoospermia tem cura? Mas, muitas vezes, apenas um espermograma mostrando que não há espermatozoides no ejaculado, não significa que tudo está perdido, não significa que este homem não produz espermatozoides.

Abstinência ejaculatória e espermograma

Em trabalho recém-publicado pela Divisão de Urologia da Escola Paulista de Medicina de São Paulo, comparou-se a análise seminal de 65 homens com 1 dia e 4 dias de abstinência ejaculatória.

Varicocele e as chances de gravidez natural

Dentre todas as possíveis causas de infertilidade masculina, a varicocele é, sem dúvidas, a principal. Estima-se que ela acometa até 41% dos homens com infertilidade primária (nunca tiveram filho) e 81% dos homens com infertilidade secundária (com filho prévio).

COVID-19 e a fertilidade masculina


Um artigo publicado pelo The Lancet traz novidades sobre o impacto da COVID-19 na fertilidade.

Método seguro e eficaz para obter células produtoras do hormônio a partir de células-tronco foi desenvolvido

O hipogonadismo é uma doença que leva à diminuição dos níveis de testosterona no organismo e acarreta em diversos sintomas que afetam a qualidade de vida de muitos homens. Uma equipe de pesquisadores chineses acaba de publicar um trabalho no qual um método seguro e eficaz para obter células produtoras do hormônio a partir de células-tronco foi desenvolvido. Tal método tem grande potencial para avançar para testes clínicos e promete eliminar a necessidade de terapias de reposição hormonal masculinas em casos de hipogonadismo.

Qual a melhor via de reposição hormonal?

Na imagem: alguns pellets de Testopel, cobertos pelo Obama Care americano para homens acima de 65 anos de idade. Fotografia de 2018, Boston.

Qual melhor via? Muitos pacientes nos questionam qual a melhor via de reposição hormonal e nossa resposta sempre é: cada paciente tem a sua melhor via de reposição, embora a via que possibilite níveis mais estáveis, alcance o valor de testosterona total e livre desejados, não promova picos e não se mantenha em níveis supra-fisiológicos é a melhor via para o seu caso.

Fatores ambientais e estilo de vida podem afetar a qualidade do esperma

A qualidade do esperma pode ser prejudicada por vários fatores ambientais e de estilo de vida, dos quais a obesidade e doenças relacionadas, como o diabetes tipo 2, são bem conhecidos. Por décadas, vários estudos relataram declínios mundiais na qualidade do esperma mesmo em homens saudáveis e dentre os fatores mais citados estão a idade reprodutiva masculina, a exposição aos disruptores endócrinos (por exemplo, pesticidas e metais pesados) e estilo de vida (ex. dieta com gordura saturada, açúcares, alimentos processados, álcool, tabagismo, pouco ou excesso de exercícios).

Meta-análise sobre o uso de Lcarnitina e Lacetylcarnitine versus placebo no contexto de iOAT

E o primeiro post de 2020 vem da maior meta-análise sobre o uso de #lcarnitina e #lacetylcarnitine versus placebo no contexto de #oligoastenoteratozoospermia idiopática - iOAT.

E sobram apenas 7 trabalhos bem feitos e com resultados robustos!!!!! Portanto necessitamos urgentemente de mais trials nesta área.

Vale muito a pena entender a diferença entre ambos no contexto do hipogonadismo hipogonatrófico

Principalmente após o uso de anabólicos.

É uma linha de tratamento sim: mas com uma diferença muito vital- ambos são de maneira geral combinados de LH e FSH correto?.

Sim no geral sim!!!

Mas são iguais então? Apenas muda a marca ?

Não não são não. Ué então pq?.

Entenda o impacto da Epigenética

Entender o impacto da epigenética não apenas aporta conhecimento sobre a gestação e saúde do bebê, mas também tem um significado especial para as pessoas que realizam tratamentos de ovodoação e doação de espermatozóides!!!!!

Apesar da enorme importância do DNA, o que nos diferencia é a expressão da genética. A expressão gênica nos faz diferentes uns dos outros; permite que genes se expressem ou não. 

Então, por exemplo: Até que ponto a mãe pode influenciar na expressão dos genes?

O perigo dos esteroides

Esta é a Megan Benzik (@megbenz_liveatopcoach)!!!! Em 2018 ela foi banida do @thecrossfitgames_ por dopping. Substância detectada: #oxandrolona20mg!!!! No mesmo teste foram banidos: Gena Malkovsky, que testou positivo para Clomifeno (anti-estrogênico), Drostanolona e Meldonium. As duas últimas estão ligadas à melhora de desempenho (recuperação muscular acelerada e aumento da força física). Anderson Silva, lenda do MMA brasileiro, já testou positivo para Drostanolona. Maria Sharapova, uma das melhores tenistas do mundo, também já testou positivo para Meldonium. Megan Benzik testou positivo para Oxandrolona e Carlos Castillo para LGD4033, ambas consideradas substâncias anabólicas.

Uma pergunta campeã: tentante ou gestante pode café?

Ou ainda... consumo de café prejudica a fertilidade?

Uma boa notícia: café não é proibido para quem quer engravidar ou está grávida!

A literatura médica orienta que a dose de cafeína total ao dia seja limitada (400mg) - para homens também! . Nessa quantidade cabe um bom coado pela manhã e um espresso depois do almoço. Mas cuidado com bebidas com cafeína como chás, refrigerantes e energéticos. (Fica fácil ultrapassar o limite, pois subestimamos a quantidade ingerida).

Essa quantidade de cafeína foi determinada com base em estudos observacionais (cheios de fatores de confusão, como sabemos).

Maior estudo clinico randomizado e prospectivo comparando os resultados de nascidos vivos entre as técnicas de ICSI tradicional e a técnica de PICSI

Muito se discute, no ambiente laboratorial da reprodução humana, as verdadeiras e eficazes técnicas de seleção de espermatozóides antes de serem injetados no processo de ICSI.

Recentemente tivemos uma noticia desanimadora, por um lado, mas muito construtiva por outro: um importante jornal publicou o maior estudo clínico randomizado e prospectivo comparando os resultados de nascidos vivos entre as técnicas de ICSI tradicional e a técnica de PICSI (ou seja, selecionar os espermatozoides baseados na sua capacidade de ligação ao ACIDO HIALURONICO – AH - placa de PICSI).

Idade paterna avançada e riscos para os filhos

Fresquinho da @clevelandclinic pelo grupo de #ashokagarwal: idade paterna avançada e riscos para os filhos!

Durante a última década, houve um aumento significativo na idade paterna média quando o primeiro filho é concebido, seja devido ao aumento da expectativa de vida, uso generalizado de contracepção, casamentos idade mais avançadas e outros fatores. Embora o efeito do envelhecimento materno na fertilização e reprodução seja bem conhecido e vários estudos mostraram que mulheres com mais de 35 anos têm um risco maior de infertilidade, complicações na gravidez, aborto espontâneo, anomalias congênitas e complicações perinatais.

Todas as etapas da microtese são muito importantes

Desde a época em que este paciente operou a varicocele e no mesmo ato cirúrgico fez uma biópsia que revelava espermatozóides apenas em um dos Testículos!

Após a cirurgia de varicocele utilizamos FSH recombinante por alguns meses e hoje captamos até espermatozóides móveis no Testiculo! Existem inúmeros trials mostrando benefícios do uso de gonadotrofinas em casos de azoospermia não obstrutiva e alguns outros beneficio com uso de medicação adequada. Sempre é bom deixar claro que as taxas de sucesso com espermatozóides testiculares é menor, eles fertilizam menos os óvulos. Mas eles são a única opção para os casos de Azospermia não obstrutiva. Na época ele operou a varicocele pois sempre há uma chance (cerca de 30%) de voltar a ter no ejaculado.

Tratamentos ajudam homem infértil a realizar sonho de ser pai

Principal motivo de infertilidade masculina é a varicocele, que leva à baixa produção de espermatozóides; causa deve ser identificada para tratamento

A infertilidade afeta o sonho de muitos homens de poderem ser pais. Segundo o andrologista Conrado Alvarenga, da Divisão de Urologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, 40% da infertilidade vem dos homens, 40% das mulheres e os outros 20%, de ambos, dismitificando que o problema sempre é da mulher.

Recuperação do eixo hormonal e fértil após o abuso de anabólicos: protocolos da clinica Conrado Alvarenga M.D.

A testosterona e seu potente metabólito: a di-hidrotestosterona, são os principais androgênios em homens. Desde a criação da testosterona sintética em 1935 e, após 1950, dos outros derivados sintéticos da testosterona, conhecidos como esteróides anabolizantes, o uso indiscriminado destes componentes vem apenas aumentando.

O exame de fragmentação de DNA no sêmen veio como co-adjuvante ao espermograma completo

Aproximadamente 1 em cada 6 casais sofrerão de infertilidade e em 40% das vezes haverá uma causa masculina associada.

Espermogramas normais mas com alteração nos índices de fragmentação espermática: há 11 anos já se publicava isso

Há quase 11 anos atras o grupo do Professor Ricardo de Oliveira de São Paulo ja publicava seus resultados em 57 homens com infertilidade sem causa aparente e com espermogramas normais.

Segredos e dicas do uso de clomifeno em homens: fertilidade e andrologia

O citrato de clomifeno foi originalmente desenvolvido para tratamento da infertilidade feminina. Aprovado pela Food and Drug Administration (FDA) em 1967, tornou-se um medicamento barato.

A criopreservação do sêmen afeta a capacidade de fertilização em casos de azoospermia não obstrutiva ( microtese ) e criptozoospermia?

A técnica de Injeção Intracitoplasmática de Espermatozoides (ICSI) tem sido muito utilizada para pacientes com azoospermia não obstrutiva ou criptozoospermia, quando são encontrados espermatozoides no ejaculado apenas após a centrifugação. Para pacientes com azoospermia não obstrutiva, o procedimento de extração cirúrgica do espermatozoide testicular (TESE) é efetivo em no máximo 50% dos casos.

A cirurgia para correção de varicocele pode permitir uso de técnicas de reprodução assistidas menos invasivas

Samplaski MK, Lo KC, Grober, ED, Zini A, Jarvi KA. Fertility and Sterility, v. 108, n. 04, outubro 2017

A varicocele é uma dilatação anormal das veias dos testículos (plexo pampiniforme), formando "varizes" e mantendo o sangue ao redor do testículo, o que provoca um aumento da temperatura testicular. O testículos, por serem a fonte da produção de espermatozoides, localizam-se fora da cavidade abdominal, onde a temperatura é até 2°C abaixo da temperatura corporal. Na presença de varicocele, o aumento de temperatura pode diminuir a produção e altera a função dos espermatozoides. Assim, a varicocele é um fator comum, porém absolutamente tratável, de infertilidade masculina.

Variações nos parâmetros seminais e a influência no resultado do espermograma

O potencial de fertilidade masculino é inicialmente avaliado pelo exame de espermograma, quando a amostra de sêmen é geralmente obtida por masturbação. No ano de 2010, a Organização Mundial da Saúde (OMS) publicou um novo manual laboratorial com os parâmetros a serem analisados no espermograma, o que permite avaliar a qualidade seminal. Alguns fatores influenciam diretamente o resultado da qualidade seminal no espermograma, entre eles: a coleta da amostra completa; os produtos das glândulas acessórias; o número de dias de abstinência sexual e o tamanho do testículo influenciam a concentração de espermatozoides por ejaculado. Cerca de 85% dos espermatozoides encontra-se no primeiro jato de ejaculado. Assim, é muito importante que este primeiro jato seja coletado para a análise seminal. As glândulas acessórias são as vesículas seminais, a próstata e as glândulas bulbouretrais, responsáveis pela formação do plasma seminal

Preparo do sêmen para seleção de espermatozoides: entenda algumas dicas

               Depois da coleta do sêmen, o esperma deve ser separado do plasma seminal em até uma hora após a ejaculação. O processamento seminal é um conjunto de técnicas laboratoriais cujo objetivo é aumentar a concentração de espermatozóides de alta qualidade, selecionando os melhores gametas e removendo as toxinas e contaminantes do plasma seminal, além de espermatozoides imóveis e células imaturas. Quando o preparo seminal é realizado durante a fase de investigação clínica do casal, é denominado processamento diagnóstico.   

               Quando o preparo seminal é realizado para fins de uso em procedimentos de reprodução assistida, denominamos processamento terapêutico. Existem alguns métodos de processamento seminal, e a escolha do método dependerá da qualidade do esperma pré-processamento, que determinará, por sua vez, qual procedimento reprodutivo será realizado, se inseminação intra-uterina ou fertilização in vitro. As principais técnicas utilizadas na rotina laboratorial são a migração ascendente (swim up), e o gradiente descontínuo de densidade.

Métodos avançados para a seleção de espermatozoides de boa qualidade

              Além dos métodos básicos de preparo seminal via processamento seminal, outras metodologias são utilizadas na seleção de espermatozoides de alta qualidade. No início dos anos 90, a técnica de Injeção Intracitoplasmática de Espermatozoides (ICSI) aumentou as taxas de fertilização, mas não aumentou significativamente a taxa de nascidos vivos, principalmente devido à alta incidência de alterações cromossômicas.

             Esta é uma consequência direta da incapacidade da ICSI para detectar especificamente espermatozóides de boa qualidade. Em 2001 foi descrita uma nova metodologia de avaliação morfológica dos espermatozoides em tempo real (MSOME), o que permite a observação da ultramorfologia do esperma em uma ampliação de 1.500 a até 6 mil vezes. Com esta técnica, é possível avaliar estruturas dos espermatozoides que não são visíveis em microscópios convencionais. A injeção de espermatozoides morfologicamente selecionados pelo MSOME é chamada de IMSI. As comparações dos resultados clínicos após ICSI comparados a IMSI revelaram que, enquanto que as taxas de fertilização não são significativamente diferentes, o IMSI resulta em taxa menor de aborto e maiores taxas de implantação.

Mais Artigos...

  • 1
  • 2

Artigos mais lidos

Locais de atuação

Dr. Conrado Alvarenga


Membro da Divisão de Urologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP

Localização


Rua Oscar Freire, 2250
Unidades T8/T9/T10
Oscar Freire Office São Paulo

Fale conosco


(+55 11) 3081-6851
conradoalvarenga@alumni.usp.br